Notícias 2014
(procure na aba Notícias material de anos anteriores)



 

 

19/08/2014

H. floresiensis: H. sapiens com Síndrome de Down?


Estudo publicado na PNAS no dia quatro de agosto último mostra fortes indícios de que o Homo floresiensis era na verdade um Homo sapiens com Síndrome de Down. O H. floresiensis foi descoberto na Ilha de Flores (Indonésia) em 2003. O que se sabe dessa possível nova espécie foi inferido com base em achados fósseis pertencentes a supostamente nove indivíduos, incluindo um crânio completo.

Na época em que foram publicados os primeiros estudos sobre os fósseis já se levantava a hipótese de se tratar de um H. sapiens com alguma malformação. As alterações anatômicas observadas não sugeriam que elas trouxessem vantagens em termos de seleção natural, pelo contrário, os pés pareciam pouco adequados para o andar bípede. Além disso, exigiam-se explicações pouco prováveis sobre os ancestrais da espécie (entre elas a descendência direta do Homo habilis). Outros elementos que levantam dúvida sobre a validade da espécie foi a datação dos fósseis (a espécie teria existido até meros 13 mil anos atrás) e a existência no sítio de ferramentas de provável manufatura pelo H. sapiens, sugerindo uma improvável convivência entre as espécies.

Quem desejar se aprofundar no assunto poderá ver o artigo da PNAS na íntegra através do link: http://www.pnas.org/content/early/2014/07/31/1407382111.full.pdf+html. Para mais informações sobre o H. floresiensis recomendo o material da Wikipedia em inglês que é de excelente qualidade e pode ser acessado através do link: http://en.wikipedia.org/wiki/Homo_floresiensis

Na paleoantropologia, como na paleontologia em geral, existem a tendência de se taxar novos fósseis como pertencentes a uma nova espécie (splitter) e uma reação contrária de taxar novos fósseis como pertencentes a alguma espécie já conhecida (lumper). Esse estudo segue a segunda linha. Vale a pena relembrar o estudo seguinte, publicado no ano passado, que também segue a linha lumper.



Uma só espécie.

Estudo publicado na edição da Science de 18/10/2013 sugere que Homo habilis, Homo rudolfensis, Homo ergaster, Homo georgicus e Homo erectus pertenciam a uma mesma espécie. O artigo na Science é de acesso limitado (acesse o sumário através do link: http://www.sciencemag.org/content/342/6156/297.summary), mas é possível encontrar na Science News uma boa matéria sobre o tema publicada em 17/10/2013. Vejam no link: https://www.sciencenews.org/article/fossil-skull-points-single-root-human-evolution.


Outro material que aborda o tema foi publicado também na Science News em 20/12/2013. Vejam no link: https://www.sciencenews.org/article/year-review-new-discoveries-reshape-debate-over-human-ancestry?mode=topic&context=49.



03/04/2014

Herança neandertal


Os pesquisadores não param de comparar o DNA do Homo sapiens com o DNA do Homo neanderthalensis. Recente estudo publicado na Science (link para uma matéria publicada na seção News da Science na internet: http://news.sciencemag.org/archaeology/2014/04/did-europeans-get-fat-neandertals) mostra que os europeus herdaram três vezes mais genes neandertais envolvidos no catabolismo de lipídeos do que os asiáticos (os africanos não herdaram genes dos neandertais). Os pesquisadores suspeitam que esses genes podem ter ajudado os europeus a se adaptarem a ambientes frios, porém, também podem ser responsáveis por aumento na incidência de obesidade, diabetes, hipertensão arterial e doença cardiovascular. Estudos anteriores já haviam mostrado que diferentes grupos herdaram dos neandertais genes relacionados a diabetes, lupus, doença de Crohn, alterações da imunidade e alterações na função da queratina na pele, unhas e cabelo.

Para quem quiser ler mais sobre o assunto, uma oportunidade pouco comum de acessar um artigo completo sobre o tema publicado na Nature Comunications está disponível através do link: http://www.nature.com/ncomms/2014/140401/ncomms4584/full/ncomms4584.html.

Através do link http://news.sciencemag.org/archaeology/2013/12/genome-neandertals-reveals-inbreeding pode ser acessada publicação na seção News da Science na internet sobre o cruzamento entre o H. Sapiens e os neandertais.


10/03/2014

Dez mil anos isolados no gelo


Artigo publicado recentemente na Science sugere que o clima na Beríngia entre 25 e 15 mil anos atrás era ameno e que, por isso, os asiáticos que teriam primeiramente atingido a América teriam ficado naquela região até que as temperaturas no continente americano começaram a cair.

Link para a notícia em O Globo: http://oglobo.globo.com/ciencia/dez-mil-anos-isolados-no-gelo-11741993


 

Exposição ?Do macaco ao Homem? em São Paulo

O governo do estado de São Paulo em parceria com a USP leva ao público no Espaço Catavento o resultado de mais de duas décadas de trabalho do Professor Walter Neves através da exposição ?Do macaco ao homem?.

Vejam mais detalhes através do link: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2014/02/1406044-sao-paulo-tera-megaexposicao-permanente-sobre-evolucao.shtml

  

09/03/2014

Origem dos povos europeus

A paleoantropologia tem apresentado dados novos e importantes sobre a ocupação do continente europeu. De fato, as análises de DNA fóssil estão trazendo muita luz e deixando mais clara uma área nebulosa que é a ocupação do planeta pelo Homo sapiens. E não há porque deixar de acreditar que muita novidade deve se apresentar nos próximos anos. As informações agora trazem dados até mesmo sobre o momento em que mutações determinaram o aparecimento de certas características anatômicas e até fisiológicas.

Para mais detalhes sobre os resultados de recentes descobertas sobre o DNA de nossos ancestrais acesse http://www.nature.com/news/ancient-european-genomes-reveal-jumbled-ancestry-1.14456

 

Novo livro de Walter Neves

Nosso mais ilustre paleoantropólogo acaba de lançar pela Editora UNICAMP o livro "Um esqueleto incomoda muita gente...". Obviamente não podemos perder a oportunidade de curtir uma obra em português sobre o tema.

Link para o artigo em Folha.com: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2014/03/1419841-livro-explica-como-resultados-da-bioantropologia-sao-alcancados.shtml

 



03/03/2014


Denisovanos e H. heidelbergensis

Publicado na Nature artigo sobre estudo do DNA mitocondrial isolado do fêmur de um H. heidelbergensis de 400 mil anos. Um apanhado de artigos publicados na Nature sobre os achados de Sima de los Huesos (Espanha) pode ser alcançado através do link: http://www.nature.com/search/executeSearch?include-collections=journals_nature%2Ccrawled_content&exclude-collections=journals_palgrave%2Clab_animal&sp-c=25&sp-s=date_descending&sp-q-1=NATURE%2CNEWS%2CNNEWSB&sp-q=sima+de+los+huesos

Link para um artigo no UOL Ciência: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2013/12/1380936-cientistas-leem-o-mais-antigo-dna-de-humano-primitivo.shtml

Link para outro artigo no UOL Ciência: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/afp/2013/12/18/osso-de-neandertal-reforca-tese-de-miscigenacao-entre-humanos-primitivos.htm

Link para entrevista com o pesquisador, líder da pesquisa, Matthias Meyer sobre o tema: http://darwinedeus.blogfolha.uol.com.br/2013/12/17/misterios-do-dna-pre-historico/



Uma só espécie?

Mais um capítulo da série Lumpers X Splitters. Pesquisadores da Geórgia (Dmanisi) encontraram uma série de crânios diferentes num mesmo local e datados da mesma época. Com base nesses achados publicaram um artigo na Science defendendo que H habilis, H erectus, H ergaster, H rudolfensis, H georgicus são uma única espécie.

Link para o artigo no UOL Ciência: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/afp/2013/10/17/descoberta-sugere-que-homem-primitivo-pertenceu-a-uma-unica-especie.htm

Link para artigos sobre o assunto na Science: https://www.sciencenews.org/search?st=dmanisi&=Search



Amizade entre chimpanzés

Definitivamente, somos muito mais parecidos com nossos primos chimpanzés do que muitos gostariam. Estudo conduzido pela Universidade de Viena e pela Universidade de Zurique aponta que chimpanzés escolhem companheiros baseados em afinidades comportamentais. O assunto foi destaque no periódico científico Evolution and Human Behavior.

Link para o artigo no UOL Ciência: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2013/12/12/chimpanzes-escolhem-suas-amizades-com-base-em-afinidades-dizem-cientistas.htm

Link para o artigo em pdf (com falhas na edição): http://eprints.bournemouth.ac.uk/900/1/grooming_final_No_highlight_2nd_rev_Anim_Behav.pdf



Ancestral comum de homens e chimpanzés

Artigo publicado recentemente na Nature sugere que o ancestral comum de chimpanzés e homens era mais parecido com o Orrorin tugenensis do que com os chimpanzés atuais, propondo que os estudos sobre a evolução do bipedalismo partam do modelo representado pelo O. tugenensis e não no representado pelos chimpanzés.

Link para o artigo no UOL Ciência: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/afp/2013/12/03/ancestral-humano-era-menos-parecido-com-o-chimpanze-do-que-se-pensava.htm

Link para o artigo na Nature Communications (pago): http://www.nature.com/ncomms/2013/131203/ncomms3888/full/ncomms3888.html



Sequenciamento de genoma de indígena americano

Publicado na Nature artigo divulgando o sequenciamento do genoma de um bebê do sexo masculino que viveu há cerca de 12,6 mil anos na região onde hoje fica o estado de Montana nos Estados Unidos.

Os pesquisadores compararam os resultados com os de 143 populações mundo afora e concluíram que a família do bebê é ancestral de 80% dos indígenas americanos atuais e que o parentesco é mais próximo com membros de tribos da América do Sul e América Central do que com membros de tribos da América do Norte. Isso pode significar que os primeiros a ocuparem as Américas dividiram-se em pelo menos dois grupos, ou que a migração se deu em mais de uma oportunidade por povos diferentes vindos da Ásia.

Link para a notícia em Folha Ciência: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2014/02/1411415-cientistas-decifram-mais-antigo-dna-indigena-nos-eua.shtml

Link para a notícia em Nature News: http://www.nature.com/news/ancient-genome-stirs-ethics-debate-1.14698


Página lançada em 20/02/2010

Última atualização em 19/08/2014

Organizadores:

Euder Monteiro é bacharel em direito, especialista em direito eleitoral e servidor da justiça eleitoral

Fernando Bilharinho é médico, especialista em saúde da família e servidor público




Visite...

http://evolucionismo.org

Site Map